FAQ

Não pode visualizar este conteúdo, porque não tem o Adobe Flash player instalado ou desactivou o JavaScript no seu navegador.

Imprimir tudo

_faq.htm

Grávida

Recém-nascido

Voltada para trás

Voltada para a frente

2

O cinto de segurança pode ser prejudicial para o feto?

Como devo utilizar o cinto de segurança?

A nossa investigação mostra que a melhor forma de protecção para as mulheres grávidas e para os fetos é a utilização correcta do cinto de segurança de três pontos. A sua utilização reduz de forma considerável o risco de lesão do feto. Por conseguinte, as mulheres grávidas devem definitivamente utilizar sempre o cinto de segurança, até ao parto.

A parte superior do cinto diagonal deve ser esticada sobre a parte da frente do ombro, atravessando o corpo entre os seios e descendo pela parte lateral da barriga. A secção inferior do cinto deve estar apoiada sobre as coxas, por baixo da barriga, tão em baixo quanto possível – nunca se deve permitir que o cinto suba até à parte da frente da barriga. O cinto deve ajustar-se o melhor possível ao corpo. Certifique-se também de que o cinto não está torcido.

11

Como devo escolher uma cadeira de bebé?

O que devo ter em consideração ao comprar uma cadeira de bebé em segunda mão?

O que é o Isofix*?

Como instalar uma cadeira de bebé?

Uma alcofa bem segura é uma alternativa segura?

Qual é o melhor local do automóvel para instalar uma cadeira de bebé?

É possível ter a certeza de que o airbag foi realmente desligado ou desactivado?

Os airbags laterais representam algum risco para o bebé?

Porque é que os bebés têm de viajar em cadeiras voltadas para trás?

Durante quanto tempo devo continuar a utilizar a cadeira de bebé?

O que devo fazer se o bebé não se quiser sentar na sua cadeira?

Um que é adequado para o seu tipo de automóvel, confortável para a sua criança e que preenche todos os requisitos legais do seu país.

Não compre uma cadeira de bebé em segunda mão, a menos que seja relativamente nova. O design das cadeiras de bebé evoluiu rapidamente, e as cadeiras mais recentes são muito mais seguras do que as antigas. Certifique-se de que a cadeira que comprar não apresenta danos, possui o selo de aprovação correcto e que as fixações e instruções são fornecidas com a mesma.

É um sistema de fixação padrão para cadeiras de bebé e criança. * O sistema Isofix é conhecido como LATCH nos Estados Unidos.

Siga atentamente as instruções específicas. Se tiver problemas, peça ajuda ao revendedor da cadeira.

Não. A alcofa poderá estar bem fixa, mas o bebé no seu interior não estará adequadamente seguro.

Num Volvo, todas as posições nos bancos de passageiros são igualmente seguras, mas existem provavelmente outros factores que podem influenciar a sua escolha do local. Muitas pessoas preferem ter o bebé ao seu alcance, ou seja, no banco do passageiro da frente. Mas se houver um airbag de passageiro activado à frente desse banco, a cadeira de bebé não poderá definitivamente ser instalada nesse local. Por isso, o banco traseiro é a única opção disponível se o banco da frente tiver um airbag de passageiro activado. Nalguns automóveis, o airbag do passageiro pode ser desactivado, se necessário. O seu automóvel poderá ter um interruptor para este fim – consulte o manual do proprietário para obter instruções. Se não existir qualquer interruptor deste tipo, uma opção possível é efectuar a desactivação permanente do airbag num concessionário autorizado. Nalguns países, tais como os Estados Unidos, é necessário obter uma autorização especial para poder desactivar um airbag.

Sim, o Passenger Airbag Cut Off Switch (PACOS, Interruptor de desactivação do airbag do passageiro) da Volvo é muito fiável. Mas é necessário verificar com atenção se o interruptor se encontra na posição OFF (desligado). Se tiver dúvidas sobre se o airbag está realmente desactivado, contacte um concessionário autorizado. Verifique as opções disponíveis para a sua marca de automóvel e quais as regulamentações aplicáveis no seu país.

Não. Num Volvo, o bebé não entrará em contacto com os airbags laterais se estiver correctamente fixo numa cadeira de bebé voltada para trás adequada.

A cabeça de um bebé é grande e pesada em relação ao resto do corpo, e o seu pescoço ainda não se encontra completamente desenvolvido. Se o bebé fosse transportado numa cadeira voltada para a frente, o seu pescoço ficaria vulnerável às forças exercidas sobre o mesmo em caso de colisão frontal.

O mais importante é que a cadeira utilizada seja adequada ao tamanho e ao peso actuais do bebé, de forma a proporcionar o apoio necessário. Consoante o tipo de cadeira inicialmente escolhido, a maioria dos bebés precisarão de mudar para uma cadeira de criança de maiores dimensões entre os nove e os 18 meses de idade, mas também é possível mudar de cadeira mais cedo. Quando o bebé tiver crescido de modo a que a sua cabeça alcance ou ultrapasse a parte superior da cadeira de bebé, será necessário trocar para uma cadeira voltada para trás para uma criança mais crescida.

Pare e faça uma pausa. Pode ser boa ideia levar para casa a cadeira de bebé nova e deixar o bebé habituar-se a ela primeiro em casa.

9

Durante quanto tempo devem as crianças continuar a utilizar cadeiras voltadas para trás?

Porque é que isto é tão importante?

O que devo ter em consideração ao comprar uma cadeira de automóvel para criança?

Como instalar uma cadeira para criança voltada para trás?

Qual é o melhor local do automóvel para instalar uma cadeira de criança?

É possível ter a certeza de que o airbag foi realmente desligado ou desactivado?

Os airbags laterais representam algum risco para a criança?

O que devo fazer se a criança não se quiser sentar na sua cadeira?

O que devo fazer se a criança adormecer com a cabeça pendurada num ângulo acentuado?

As crianças pequenas devem continuar a utilizar cadeiras voltadas para trás o máximo de tempo possível. Uma criança só deve mudar para uma cadeira voltada para a frente quando tiver crescido demasiado para caber na cadeira ou quando a sua cabeça ultrapassar a parte superior da cadeira. Recomenda-se que as crianças continuem a utilizar cadeiras voltadas para trás até aos três anos de idade, mas de preferência até mais tarde. Quanto mais velha for a criança, mais forte será o seu pescoço. Além disso, quanto mais alta for uma criança, mais pequena será a sua cabeça em relação ao resto do corpo. O facto de não conseguir esticar as pernas não afecta a segurança da criança.

Porque o pescoço vulnerável de uma criança não consegue suportar a pressão exercida no caso de a cabeça ser projectada para a frente numa colisão frontal. Numa cadeira voltada para a frente, o pescoço é sujeito a forças elevadas. Numa cadeira voltada para trás, estas forças são distribuídas por toda a zona das costas e da cabeça da criança. As forças resultantes de colisões traseiras não são, normalmente, tão elevadas.

Um que é adequado para o seu tipo de automóvel, confortável para a sua criança e que preenche todos os requisitos legais do seu país.

Siga atentamente as instruções específicas. Isofix é um sistema de fixação padrão que facilita, em muitos casos, a instalação de cadeiras de automóvel para criança. Se tiver problemas, peça ajuda ao revendedor da cadeira. Muitos automóveis Volvo possuem outros tipos de fixação de cadeiras integrados no chão.

Num Volvo, todas as posições nos bancos de passageiros são igualmente seguras, mas existem provavelmente outros factores que podem influenciar a sua escolha do local. Muitas pessoas preferem ter a criança ao seu alcance, ou seja, no banco do passageiro da frente. Mas se houver um airbag de passageiro activado à frente desse banco, a cadeira para criança não poderá definitivamente ser instalada nesse local. Por isso, o banco traseiro é a única opção disponível se o banco da frente tiver um airbag de passageiro activado. Nalguns automóveis, o airbag do passageiro pode ser desactivado, se necessário. O seu automóvel poderá ter um interruptor para este fim – consulte o manual do proprietário para obter instruções. A alternativa é desactivar permanentemente o airbag num concessionário autorizado. Nalguns países, tais como os Estados Unidos, é necessário obter uma autorização especial para poder desactivar um airbag.

Sim, o Passenger Airbag Cut Off Switch (PACOS, Interruptor de desactivação do airbag do passageiro) da Volvo é muito fiável. Mas é necessário verificar com atenção se o interruptor se encontra na posição OFF (desligado). Também pode desactivar permanentemente o airbag num concessionário autorizado. Se tiver dúvidas sobre se o airbag está realmente desactivado, contacte um concessionário autorizado. Verifique as opções disponíveis para a sua marca de automóvel e quais as regulamentações aplicáveis no seu país.

Não, os airbags laterais da Volvo são concebidos para manter a criança livre de perigo em caso de colisão, desde que a criança viaje numa cadeira para criança voltada para trás apropriada. Por isso, tenha cuidado para fixar sempre a criança correctamente.

Pare e faça uma pausa.

Se não incomoda a criança, provavelmente parece pior do que é. Se o/a incomodar a si, pode sempre parar e apoiar a cabeça da criança com uma almofada.

11

Quando poderei mudar a criança para um sistema de segurança para criança voltado para a frente?

Como devo escolher um banco elevatório ou uma almofada elevatória?

Um banco elevatório é tão bom como um banco elevatório com encosto?

Como colocar correctamente o cinto?

Uma criança pode, nalguma ocasião, utilizar uma almofada normal como assento em vez de um banco elevatório, por exemplo, no automóvel de outra pessoa?

Em vez disso, a criança pode sentar-se ao colo de um adulto?

Qual é o banco mais seguro num automóvel?

Qual a altura que uma criança precisa de ter para viajar no banco do passageiro da frente com um airbag frontal que não foi desligado ou desactivado?

Até quando é que as crianças devem continuar a usar um banco ou almofada elevatória?

O que devo fazer se a criança não se quiser sentar no banco elevatório?

Quando a criança tiver crescido demasiado para caber na cadeira voltada para trás, ou seja, quando o topo da cabeça ultrapassar o topo da cadeira, ou se estiver a tocar no topo da cadeira, consoante o tipo de cadeira que tiver. A criança deverá ter no mínimo três anos de idade ou, de preferência, mais velha.

Um que é adequado para o seu tipo de automóvel, confortável para a sua criança e que preenche todos os requisitos legais do seu país.

Em geral, as crianças mais pequenas, consideram que um banco elevatório com encosto é mais confortável para as pernas. Em automóveis sem apoios de cabeça, um banco elevatório com encosto oferece um apoio suplementar na parte posterior da cabeça. Se houver saliências laterais integradas na parte superior do encosto da criança, estas poderão ajudar uma criança a dormir a sentar-se mais direita e de forma mais segura. Caso contrário, desde que o cinto de segurança esteja posicionado de forma correcta no corpo da criança, o nível de protecção será idêntico, com ou sem uma secção de encosto para o banco elevatório.

O cinto diagonal deve descer atravessando o ombro, junto ao pescoço. Não faz mal se o cinto estiver parcialmente sobre o pescoço da criança. O que é perigoso é se o cinto for utilizado demasiado em baixo no ombro. Se acontecer o pior, a parte superior do corpo da criança pode deslizar para fora por cima do cinto num acidente. Pelo mesmo motivo, nunca deve deixar a criança utilizar o cinto diagonal por baixo de ambos os braços. A secção inferior do cinto tem de ser usada à frente das ancas, a atravessar a parte superior das coxas. Para a maioria dos tipos de bancos elevatórios amovíveis, o cinto tem de ser fixo nas saliências do próprio banco elevatório. Caso contrário, poderá deslizar para a frente do abdómen da criança e causar lesões internas em caso de colisão. Não deve existir qualquer folga na secção diagonal nem na secção inferior do cinto. Remova qualquer eventual folga depois de apertar o cinto de segurança da criança.

Não. Uma almofada normal é demasiado mole. Num acidente, poderá escorregar para a frente ou ficar espalmada. A criança correria o risco de escorregar para fora por baixo do cinto. Objectos como listas telefónicas também não são uma opção.

Não. Nunca se deve permitir que as crianças viagem ao colo. Cada criança precisa do seu próprio lugar no carro, bem como de uma forma de fixação segura para crianças.

Num Volvo, todos os bancos são igualmente seguros para as crianças, desde que estejam a utilizar um sistema de fixação para crianças apropriado. A única excepção é quando o banco do passageiro da frente possui um airbag que não foi desligado ou desactivado. Nenhuma criança com menos de 140 cm deve viajar num banco com um airbag frontal activado.

140 centímetros.

É difícil fornecer um limite preciso. Os bancos elevatórios actuais foram testados e aprovados para crianças com até cerca de 140 centímetros de altura (até cerca de dez anos de idade e um peso de 36 kg ou 80 libras). A maioria dos países tem as suas próprias regras e excepções. O mais importante em termos de segurança em caso de colisão é que a secção inferior do cinto de segurança seja usada da forma correcta, a atravessar as ancas, mesmo que a criança esteja a viajar há algum tempo e se tenha movimentado dentro do cinto de segurança. Não deve haver risco de o cinto deslizar para cima, para a frente do abdómen, em caso de colisão. Os factores importantes neste caso serão o tamanho da criança (altura e tamanho das ancas), a idade (desenvolvimento das ancas) e a geometria específica do cinto do automóvel. A nossa investigação sobre acidentes mostra que as crianças até dez anos devem utilizar um banco elevatório, mas que a sua utilização também será vantajosa para crianças de onze e doze anos.

Deve persuadi-la a fazê-lo.