S90 Híbrido, sedan de luxo da Volvo Cars.

Motorização híbrida da Volvo Cars

Plug-in Hybrids

Os carros plug-in hybrid da Volvo Cars possuem alta performance com baixa emissão de poluentes, em diversos modos de direção que se adequam às suas necessidades.

Conheça o futuro

A motorização híbrida com carregamento via plug-in oferece potência com consumo eficiente de combustível. A combinação perfeita entre a potência da bateria elétrica e a eficiência da motorização à gasolina resultam em uma experiência de direção inesquecível.

A tecnologia híbrida da Volvo Cars é presente no Brasil desde 2016 e, atualmente, está presente em diversos modelos da gama.

Modos de direção

Desenvolvemos os modos de direção para adequar o carro às necessidades dos motoristas. Escolha o seu e aproveite a experiência.

Pure

No modo "Pure", seu Volvo usa apenas a motorização elétrica. A carga completa da bateria permite à muitos a possibilidade de se deslocar para o trabalho com esse modo, proporcionando viagens sem emissões de gases poluentes e com menos gastos com combustível.

Hybrid

No modo "Hybrid", o carro usa o motor elétrico e o motor à combustão da maneira mais eficiente possível, minimizando as emissões de poluentes sem comprometer a performance dos carros.

Power

O modo "Power" existe para atender às necessidades de uma experiência de direção mais esportiva. A combinação do poder da motorização elétrica com o motor a combustão resulta em uma experiência de direção com verdadeira alta performance.

Plug-in hybrids da Volvo Cars

XC90 T8 Híbrido

407hp e 640N.m
Motorização disponível nas versões Inscription e Excellence.

S90 T8 Híbrido

407hp e 640N.m
Motorização disponível na versão Inscription.

XC60 T8 Híbrido

407hp e 640N.m
Motorização disponível na versão R-Design.

Foto do XC60 R-Design com motorização híbrido em perspectiva, sendo carregado através do conector da Volvo Cars. - Imagem 2

Perguntas frequentes

  • Por que a Volvo Cars decidiu apostar nas motorizações elétricas?

    Nós inovamos no segmento de motorizações elétricas desde os anos 70. Para nós, é uma questão natural a partir dos avanços tecnológicos e, também, um posicionamento claro do nosso comprometimento com a mobilidade sustentável e a redução de emissões. Além disso, as motorizações eletrificadas oferecem diversos benefícios, como a maior responsividade na aceleração.

  • Motorizações eletrificadas são mais caras do que as motorizações a diesel ou gasolina?

    Não necessariamente. É parte de nosso planejamento oferecer, em breve, uma gama de motorizações eletrificadas com híbridos leves, carregamento via plug-in e totalmente elétricos. Motorizações elétricas necessitam de menos manutenção e consomem menos combustível, e o custo das baterias está caindo. Esse contexto faz com que os carros elétricos se tornem uma opção viável.

  • Como a Volvo vai ajudar os consumidores na adaptação do consumidor ao seu novo carro híbrido?

    Tudo o que é novo envolve adaptação. Para facilitar esse momento, a Volvo contratou uma consultoria que analisa a estrutura da residência de clientes e instala o terminal de carregamento de maneira correta e forma gratuita para quem compra um de nossos carros híbridos

  • Que tipo de bateria é usado nos carros Volvo com carregamento via plug-in?

    Atualmente, a Volvo Cars usa baterias de lithium-ion em seus carros com motorização híbrida. A bateria é projetada para durar o mesmo tempo que o carro, e a Volvo oferece garantia para os 5 primeiros anos. O custo de troca de bateria é difícil de ser mensurado, dado que as tecnologias nesse segmento estão avançando muito atualmente.

  • Quais as condições de carregamento para a bateria de um modelo T8 em sua casa?

    O tempo de carregamento da bateria elétrica depende da intensidade da corrente elétrica da residência: em corrente de 6 A, 7 horas; 10 A, 4 horas; e 16 A, 3 horas.

  • Qual o custo aproximado de cada recarga de bateria de um modelo T8?

    Considerando a condição ideal (tensão 220V e corrente de 16 A), tem-se a seguinte conta, baseado no kWh do estado de São Paulo no mês de novembro/2018 (R$ 0,70):

     

    Potência = tensão x corrente, portanto: P=220V x 16A = 3520 W, ou seja 3,5 kW

    De acordo com a Volvo, nesta capacidade de carga (16A) são necessárias 3h para carregar 100% da bateria, ou seja, 3,5 kW x 3h = 10,5kWh

     

    10,5 kWh x 0,70 = R$ 7,35

  • Qual é a autonomia de um carro com carregamento via plug-in?

    Nossos carros com carregamento via plug-in foram projetados para atender às necessidades de deslocamento diário. A autonomia varia com o modelo, estilo de direção, topografia e condições da estrada. O principal benefício da motorização híbrida é que você sempre terá o motor a combustível para garantir seu carro em movimento, assim, você não precisa se preocupar com a autonomia.

  • Durante a condução dos veículos, como fazer para recarregar sua bateria?

    A bateria também é carregada durante as frenagens ou pela ação do freio-motor, como numa descida. Além disso, o veículo possui a função HOLD que permite “guardar” a energia da bateria para uso posterior e a função CHARGE que aciona o carregamento da bateria através do motor a combustão.

  • Existe um plano para a reciclagem de baterias antigas?

    Trabalhamos em várias iniciativas nessa área. Há potencial para dar às baterias uma “segunda vida”, uma vez que elas não podem mais ser usadas em um carro, por exemplo, para estações de recarga. Também estamos trabalhando com fornecedores em potencial sobre como desenvolver uma maneira sustentável de reciclar baterias no estágio “final da vida”. A sustentabilidade está no topo de nossa agenda e atualmente estamos avaliando vários conceitos para poder selecionar o melhor processo para a Volvo.

  • O que a Volvo está fazendo para promover a eletrificação de sua gama no país?

    Até o fim deste ano, a marca, em parceria com empresas estratégicas do porte do Grupo Pão de Açúcar e Rede Iguatemi de shopping centers, terá 120 pontos de recarga espalhados pelo Brasil. Até abril de 2018, o número de postos passará para 250.

    Atualmente, possuímos 6 pontos de recarga no país. São eles: 

    - Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso - Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4193 - Centro Político e Administrativo, Cuiabá (2 pontos)

    - Condomínio Centro Empresarial Nacoes Unidas - Av. das Nações Unidas, 12901 - Brooklin Paulista, São Paulo (2 pontos)

    - Shopping Flamboyant - Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 - Jardim Goiás, Goiania (2 pontos)

  • Não há conflito nos plugues utilizados pelas marcas com veículos elétricos e/ou híbridos?

    A Volvo utiliza o pino 2, do tipo europeu. Grande parte das marcas aderiram a esse tipo. Por isso, o motorista de um carro Volvo não terá problemas em carregar seu carro em plugues de outras marcas.