Arranque e condução

Arranque assistido com bateria

Atualizado 7/23/2018

Se a bateria de arranque estiver descarregada, é possível pôr o automóvel a trabalhar com corrente de outra bateria.

No arranque assistido com outra bateria recomenda-se o seguimento dos seguintes passos para evitar curto-circuito ou outros danos:

Coloque o sistema eléctrico do automóvel na posição de ignição 0, ver Posições de ignição - funções nos diferentes níveis.

Verifique se a bateria auxiliar tem a tensão de 12 V.

Se a bateria auxiliar estiver montada noutro automóvel - desligue o motor do automóvel auxiliar e assegure-se que ambos os automóveis não se tocam.

Ligue o grampo do cabo vermelho de arranque no terminal positivo da bateria auxiliar de arranque (1).

Importante

Conecte cuidadosamente o cabo de arranque para evitar curto-circuito com outros componentes no compartimento do motor.

Abra os clipes na tampa de cobertura dianteira da bateria do seu automóvel e retire a tampa, ver Bateria de arranque - substituição.

Coloque o outro grampo do cabo vermelho de arranque no pólo positivo do automóvel (2).

Ligue o grampo do cabo preto de arranque no terminal negativo da bateria auxiliar de arranque (3).

Prenda o outro grampo num ponto massa, por ex: fixação direita do motor na margem superior, a cabeça do parafuso exterior (4).

Certifique-se de que os grampos dos cabos de arranque encontram-se devidamente presos, para que não surjam faíscas durante a tentativa de arranque.

Ligue o motor do "automóvel auxiliar" e deixe-o trabalhar durante alguns minutos a uma velocidade ligeiramente superior ao ralenti, cerca de 1500 rpm.

Arranque o motor do automóvel com a bateria descarregada.

Importante

Não mexa nos terminais durante a tentativa de arranque do motor. Há o risco de produção de faíscas.

Retire os cabos de arranque pela ordem inversa - primeiro o preto e depois o vermelho.

Certifique-se de que nenhum dos grampos do cabo preto de arranque entra em contacto com o terminal positivo da bateria ou com o grampo ligado ao cabo vermelho de arranque!

Aviso

  • Nas baterias de arranque pode-se formar uma mistura gasosa de oxigénio e hidrogénio, a qual é muito explosiva. Uma faísca, que se pode formar num cabo de arranque incorrectamente ligado, pode ser o suficiente para provocar a explosão da bateria.
  • A bateria de arranque contém ácido sulfúrico, o que pode causar danos graves por corrosão.
  • No caso do ácido sulfúrico entrar em contacto com os olhos, pele ou roupas, lave abundantemente com água. Perante contacto com os olhos - procure um médico imediatamente.

Isso ajudou?