Introdução

Gravação de dados

Atualizado 7/23/2018

Como parte dos trabalhos de segurança e qualidade da Volvo, alguma informação relativa ao funcionamento, funcionalidade e incidentes é registada no automóvel.

Este veículo está equipado com um "Event Data Recorder" (EDR). A sua tarefa principal consiste no registo e gravação de dados associados a acidentes de trânsito ou situações semelhantes a colisões, tais como: deflagração de airbag ou embate do veículo contra um obstáculo na estrada. Os dados são registados para aumentar a compreensão do funcionamento dos sistemas do veículo neste tipo de situações. O EDRfoi concebido para gravar dados relacionados com a dinâmica do veículo e o sistema de segurança durante um breve período de tempo, normalmente 30 segundos ou períodos inferiores.

          

O EDR foi assim construído para, em caso de acidentes de trânsito ou situações semelhantes a colisões, gravar dados relacionados com:

  • Como funcionaram os diferentes sistemas do automóvel;
  • O modo como os cintos de segurança do condutor e dos passageiros foram tensionados/fixos;
  • A utilização do pedal do acelerador ou do travão pelo condutor;
  • A que velocidade o veículo seguia.

Estes dados podem contribuir para uma melhor compreensão sobre as circunstâncias em que os acidentes de trânsito e danos ocorrem. O EDR regista dados apenas perante a ocorrência de uma situação de colisão anormal - não são registados quaisquer dados pelo EDR durante condições de condução normais. O sistema também nunca regista quem conduz o veículo nem a posição geográfica em que ocorre a situação de colisão ou o incidente. No entanto, entidades terceiras, como as autoridades policiais, podem utilizar os dados gravados associados à informação de identificação pessoal que é normalmente recolhida no caso de um acidente de trânsito. Para interpretar os dados registados é necessário um equipamento especial e o acesso ao veículo ou ao EDR.

Para além do EDR, o automóvel também está equipado com uma série de processadores que têm como função o controlo e a monitorização permanente do funcionamento do automóvel. Estes processadores podem gravar dados durante condições de condução normais, mas registam sobretudo avarias que afetem a operação e a funcionalidade do veículo ou a ativação das funções de auxílio ao condutor ativas do veículo (por ex.:City Safety e função de travagem automática).

Parte dos dados gravados são necessários para que os técnicos possam realizar serviço de manutenção, de modo a diagnosticarem e repararem eventuais avarias que tenham ocorrido no veículo. A informação registada também é necessária para que a Volvo possa cumprir exigências jurídicas de acordo com a legislação e as autoridades. A informação registada no veículo encontra-se memorizada nos seus processadores até que o veículo seja assistido ou reparado.

Para além das situações já mencionadas, a informação registada é utilizada de forma agregada para fins de investigação e desenvolvimento do produto de modo a melhorar continuamente a segurança e qualidade dos automóveis Volvo.

A Volvo não distribui a informação acima mencionada para terceiros sem o conhecimento do proprietário do veículo. Devido à legislação e aos regulamentos nacionais, a Volvo pode ver-se obrigada a comunicar informação deste tipo às autoridades policiais ou outras autoridades que possuam o direito legal do acesso à mesma. Para proceder à leitura e interpretação dos dados gravados são necessários equipamentos técnicos especiais que a Volvo e as oficinas licenciadas pela Volvo possuem. A Volvo assegura que a informação transferida para a Volvo no contexto de serviço de manutenção é armazenada e utilizada de forma segura e de acordo com as exigências legais aplicáveis. Para mais informações - contacte um concessionário Volvo.


Isso ajudou?