Explorar as cidades do futuro

CONDUÇÃO INTELIGENTE EM CIDADE

Atualmente, as cidades inteligentes, onde a tecnologia de informação e comunicação se integra na vida quotidiana para torná-la mais segura, simples e cómoda, estão apostadas em transformar a condução no seu seio. Onde é que o seu Volvo encaixa neste admirável mundo novo?

Em 2050, os especialistas prevêem que quase 70% da população mundial viva em áreas urbanas. Para dar resposta às exigências de uma urbanização em tão larga escala, as nossas cidades terão não só de aumentar de tamanho, mas também tornar-se mais inteligentes. É imperioso encontrar soluções eficazes de longo prazo perante os desafios de amanhã, tal como o trânsito e a poluição atmosférica. E é mais importante do que nunca descobrir como utilizar a energia e o espaço à nossa volta da melhor forma.

Um sensor de cada vez

O trabalho para resolver os problemas do futuro com recurso à tecnologia já começou – sensor após sensor, e software após software. Iluminação rodoviária inteligente permite agora às autoridades locais monitorizar e controlar a mesma à distância. Esta é não só uma forma eficaz de poupar energia (uma vez que as luzes podem ser apagadas a determinadas horas), mas permite também aos engenheiros localizar e reparar os problemas de modo rápido e eficiente. Não faltará muito para que exista um sensor para praticamente todas as situações. Seja a identificar e lidar com problemas em larga escala (como monitorizar fugas de água e fechar automaticamente as condutas), seja simplesmente a dar conhecimento às autoridades locais de que é necessário esvaziar um determinado contentor de resíduos. É uma mera questão de tempo até se conseguir uma solução inteligente.

Onde é que os nossos automóveis encaixam neste novo conceito inteligente? No passado, ou as cidades eram criadas a pensar nos nossos automóveis, ou os nossos automóveis eram criados a pensar nas nossas cidades. Agora, todavia, com o aproximar da era da cidade inteligente, a melhor forma de tirar máximo partido dos nossos automóveis é estar conectado com o que nos rodeia e colaborar com as pessoas à nossa volta. A Volvo Cars está a trabalhar numa vasta gama de soluções inovadoras tendo por base a conectividade, tecnologia de condução autónoma e eletrificação, no intuito de aumentar o fluxo de tráfego, reduzir a poluição atmosférica e melhorar globalmente a qualidade de vida nas cidades inteligentes do futuro.

Partilhar estradas, partilhar informação

Estão atualmente em desenvolvimento inúmeros serviços conectados ao automóvel, que poderão beneficiar dos dados disponíveis a bordo e da Volvo Cloud. Estes serviços foram exclusivamente concebidos para trabalhar em conjunto com a tecnologia de cidade inteligente, podendo ser usados para melhorar a gestão do fluxo de tráfego, otimizando os semáforos e os limites de velocidade, bem como oferecendo sugestões de rotas alternativas baseadas em atualizações de trânsito em tempo real. Poderá também ser partilhada outra informação importante, tal como avisos em tempo real relativos a condições climatéricas ou da estrada perigosas ou condução negligente por parte de outros utilizadores da estrada. Os automóveis conectados poderão inclusivamente detetar e alertar outros condutores para secções do piso escorregadias, partilhando depois a informação com iluminação rodoviária conectada, que poderia então iluminar as secções da estrada perigosas utilizando uma cor diferente para avisar outros condutores para o potencial perigo à sua espera.

Não são apenas os automóveis conectados que têm o potencial de transformar a condução urbana no futuro. Os automóveis sem condutor têm também um papel chave a desempenhar. A Volvo Cars está atualmente a colaborar com a cidade de Gotemburgo num novo projeto criado para explorar as formas como os automóveis sem condutor podem ajudar a tornar as nossas cidades lugares melhores para se viver.

De acordo com o projeto, denominado “Veículos com estacionamento autónomo – o estacionamento como uma questão de disponibilidade no desenvolvimento urbano sustentável”, os automóveis sem condutor irão ser capazes de o deixar a si no seu destino e ir depois estacionar numa área especialmente designada. Isto irá eliminar a necessidade de parques de estacionamento junto a cada escritório, empresa ou zona comercial, permitindo que o espaço seja desenvolvido de uma nova forma em benefício de todos. Os automóveis sem condutor não só exigem menos espaço, como reduzem o nível de poluição em áreas movimentadas do centro das cidades, contribuindo para melhorar a segurança rodoviária sem a necessidade de grandes alterações ao nível da infraestrutura citadina.

O que nos reserva o futuro?

As oportunidades que resultam da eletrificação serão também um contributo importante para a condução urbana no futuro. Os veículos elétricos, de alta performance, emissões reduzidas e menos ruído são ideais para a condução inteligente em cidade. Está já em marcha um redirecionamento para os automóveis totalmente elétricos, com a procura a aumentar apenas quando for finalmente implementado um sistema de carregamento globalmente estandardizado com capacidade de carregamento regular e rápida. A Volvo Cars tem estado a trabalhar em veículos altamente eletrificados desde os anos 1970, existindo planos para o lançamento do primeiro Volvo totalmente elétrico em 2019.

Mobilidade inteligente, tecnologia inteligente, construção inteligente e cidadãos inteligentes. Estes são apenas alguns dos critérios que uma cidade terá de colocar em prática antes de ser oficialmente considerada uma ‘cidade inteligente’. Olhando, no entanto, para a lista, poderíamos muito facilmente estar a descrever a mais recente gama de automóveis Volvo. Uma coisa podemos afirmar: à medida que a tecnologia se torna mais avançada e as cidades mundiais se tornam mais inteligentes, os nossos automóveis são mais do que capazes de acompanhar a evolução. Na verdade, por vezes somos nós que temos de esperar que o mundo consiga acertar o passo connosco.

Você e o seu Volvo. Conectados

TECNOLOGIA DE VEÍCULO CONECTADO