Estória 36 Em agosto de 1955, o primeiro PV444 desembarcou no Porto de Long Beach, na Califórnia. A exportação para o mercado americano, na altura visto como o maior símbolo da cultura automobilística, foi visto por muitos com ceticismo. Dois anos depois, a Volvo era o segundo maior fabricante de automóveis importados para o mercado da Califórnia e, em 1974, os EUA tornaram-se o maior mercado fora da Europa para a Volvo. O PV444 ou “little Volvo”, como ficou conhecido, tinha sido apresentado em setembro de 1944, em Estocolmo, e, se era visto na Suécia como um sinal de prosperidade no pós-guerra, foi o automóvel que fez da Volvo uma marca verdadeiramente internacional.

Estória 37 No dia 8 de julho de 1887 (há mais de 130 anos), nasceu, na Suécia, Erik Gustaf Larson, um dos nossos fundadores. Formado em Engenharia Mecânica pelo Royal Institute of Technology de Estocolmo, Gustaf casou com Elin Fröberg, em 1918, e tiveram quatro filhos - Erik, Anders, Gunnel e Britt. Em conjunto com Assar Gabrielsson, foi um dos fundadores da Volvo, tendo sido responsável pelo projeto do primeiro modelo da marca, o Volvo ÖV4, também conhecido como Jakob, apresentado em 14 de abril de 1927. Larson trabalhou na Volvo até ao seu último ano de vida, em 1968. Partiu a 4 de julho desse ano, quatro dias antes de completar 81 anos. Descansa em Bästad, na Suécia. A Gustaf Larson devemos a Volvo e por Gustaf Larson trabalhamos todos os dias para que o seu sonho de uma marca de automóveis diferente de todas as outras continue a rolar nas estradas de todo o mundo.

Estória 38 Ainda no ano da sua fundação, no Verão de 1927, a Volvo apresentou o PV4 e, no ano seguinte, a versão PV4 'Special'. Este Volvo teve a particularidade de não ser construído em aço. A sua carroçaria foi baseada no princípio de Weymann, com uma armação de madeira isolada e coberta com couro artificial. A Volvo estava ainda a encontrar o seu caminho e a experimentar diferentes soluções. Os assentos poderiam ser convertidos numa confortável cama (como se vê na imagem). Era animado por um motor a gasolina de 28 cavalos com 4 cilindros em linha e 1944cc. A caixa manual não sincronizada tinha 3 velocidades. Foram produzidas apenas 694 unidades do PV4. Mais sobre este e outros modelos históricos da Volvo aqui.

Estória 39 Em 1999, o Volvo Group vendeu a Volvo Car Corporation à Ford Motor Company pela quantia de 50 mil milhões de coroas suecas. A Volvo Cars tornou-se parte do Premier Automotive Group em conjunto com a Jaguar, a Land Rover, a Aston Martin e Lincoln. Pelo acordo, que durou 10 anos, a Ford incorporou os setores de produção da Volvo na Europa, além do direito de usar a marca em automóveis de passageiros. Vinte e um anos depois, é curioso recuperar as declarações de William Clay Ford Jr. presidente da Ford, à data, "A nossa visão para o próximo século é que a Ford possa tornar-se na maior empresa do mundo no setor automóvel e a aquisição da Volvo é um passo decisivo nesse sentido". A Volvo comercializava, na altura, cerca de 400 mil veículos em todo o mundo.

Estória 40 O Volvo Safety Center foi inaugurado no ano 2000 e já realizou mais de 2000 testes de colisão desde então. Atualmente, acontecem mais de 10 por semana neste centro, um dos melhores do seu género, a nível mundial. Nele incluem-se laboratórios, pistas de testes de colisão e equipamento audiovisual de topo que têm ajudado a Volvo a manter-se na linha da frente no que toca ao desenvolvimento de novas inovações de segurança. Aqui, reproduzem-se todo o tipo de acidentes. O centro está equipado com duas pistas, uma permanente e uma amovível. Esta última pode sofrer uma inclinação de até 90 graus e permite colisões frontais, laterais, entre automóveis e com ângulos e velocidades diversas. A pista permanente permite acelerar um automóvel até 120 km/h. Podem ainda ser realizados testes como capotamentos, impactos com objetos ou atropelamentos. Nenhum novo Volvo é lançado sem que 100 a 120 viaturas passem pelo rigoroso escrutínio do Volvo Safety Center, ou seja, a sua destruição num teste de colisão.

Estória 41 Em 2017, a equipa Polestar Cyan Racing conquistou o título de campeã mundial de construtores no Campeonato do Mundo de Carros de Turismo, FIA WTCC, com o piloto sueco Thed Björk a conquistar o título de melhor piloto em prova. Na última corrida da temporada, o Volvo S60 TC1 cruzou a meta em primeiro lugar na Shanghai International Raceway. Recorde-se que a prova passou por Portugal a 25 de junho, no circuito citadino de Vila Real. Em jeito de celebração, nesse mesmo ano, foram apresentados os Volvo S60 e V60 Polestar Performance World Champion Edition. Assim, os entusiastas do volante puderam levar para casa um pouco da glória conquistada nas pistas de todo o mundo.

Estória 42 Distração, fadiga, intoxicação, velocidade. As causas mais comuns que levam ao acidente. Na Volvo preocupamo-nos, desde sempre, com a segurança, por isso, em 2018, partilhamos gratuitamente com toda a concorrência tudo o que sabemos de como contrariar estes fatores, chamamos-lhe Projeto E.V.A. Chamamos ainda a atenção para o facto da maioria dos testes de colisão serem feitos com dummies que representam o homem padrão (80kgs e 1m80) e a maioria das pessoas não terem esta complexão física (bebés, crianças, mulheres, idosos e mesmo homens de estaturas e pesos muito distintos). As nossas centenas de dummies representam uma sociedade completa, para que. quando realizamos os nossos testes. todos sejam considerados e possam estar em segurança, em caso de acidente. E.V.A. significa Equal Vehicles for All (veículos iguais para todos) para que, independentemente de cada pessoa ou automóvel que conduzir, possa estar tão seguro como num Volvo. Porque o que importa são as pessoas.

 

Leia mais estórias