Especificações

Consumo de combustível e emissões de CO2

Atualizado 5/18/2020

Consumo de combustível e emissões de CO2

A informação presente nas tabelas em baixo está de acordo com o WLTP (Worldwide Harmonized Light-Duty Vehicles Test Procedure), que é um método de teste internacional para veículos equivalentes a automóveis ligeiros concebidos para testes laboratoriais.

O consumo de combustível de um veículo é medido em litros por 100 km e as emissões de dióxido de carbono (CO2) em gramas de CO2 por km.

Explicação

Condução urbana (lenta)

Condução suburbana (média)

Condução em estrada (rápida)

Condução em autoestrada (muito rápida)

Valor combinado (condução mista)

gramas de CO2/km

litros/100 km

Transmissão manual

Transmissão automática

Valor baixo

Valor alto

Nota

Caso não existam dados de consumo e de emissões na tabela estes encontram-se num suplemento incluído.

T4 (B4204T31)

247

10,9

169

7,4

135

5,9

147

6,5

161

7,1

263

11,6

185

8,1

153

6,7

173

7,6

181

8,0

T5 (B4204T26)

248

10,9

169

7,4

134

5,9

147

6,5

161

7,1

263

11,6

185

8,2

152

6,7

173

7,6

181

8,0

T5 AWD (B4204T26)

272

12,0

184

8,1

144

6,3

149

6,6

171

7,5

279

12,3

204

9,0

168

7,4

187

8,2

197

8,7

T6 AWD (B4204T29)

275

12,2

186

8,2

147

6,5

152

6,7

173

7,6

294

13,0

211

9,3

173

7,6

191

8,4

203

9,0

Os valores na tabela em cima para o consumo de combustível e emissões de CO2 baseiam-se em ciclos de condução especiais (ver em baixo). O peso pode aumentar consoante o equipamento. Isto, juntamente com a carga no automóvel, afeta o consumo de combustível e as emissões CO2. De acordo com o WLTP, cada automóvel obtém valores únicos de consumo de combustível e de emissões CO2 consoante o nível de equipamentos no automóvel. Estes valores encontram-se entre o valor baixo e alto na tabela em cima. Em muitos mercados pode encontrar os valores únicos de consumo de combustível e de emissões de CO2 no certificado de matrícula do automóvel.

Existem várias causas para o aumento do consumo de combustível em comparação com os valores da tabela. Exemplos destas são:

  • Quando o automóvel é equipado com acessórios adicionais que afetam o peso do automóvel.
  • O modo de condução do condutor.
  • Quando o cliente opta por outras rodas que não as de montagem standard na versão básica do modelo, o que pode aumentar a resistência.
  • A velocidade elevada proporciona maior resistência do ar.
  • A qualidade do combustível, as condições de estrada e de trânsito, a meteorologia e o estado de conservação do automóvel.

Uma combinação dos fatores aqui mencionados pode resultar num consumo significativamente maior.

Podem verificar-se grandes desvios no consumo de combustível quando comparado com os perfis de ciclos de condução (ver em baixo) utilizados para a certificação do automóvel, e nos quais se baseiam os números de consumo presentes na tabela. Para mais informações consulte o quadro regulamentar mencionado.

Nota

Condições climatéricas extremas, condução com atrelado ou condução a elevadas altitudes, combinadas com qualidade do combustível inferior à recomendada, são fatores que aumentam significativamente o consumo de combustível do automóvel.

Norma WLTP

A partir de 1 de setembro de 2018 foi introduzida uma nova norma para calcular os valores de consumo do automóvel. A norma WLTP (Worldwide Harmonized Light-Duty Vehicles Test Procedure) representa as condições de condução médias para a condução do dia-a-dia. Em relação à norma anterior (NEDC), a WLTP tem em conta situações de trânsito e velocidades mais diversificadas e ainda os equipamentos e as classes de peso. Os equipamentos opcionais que afetam o consumo estão desligados durante o teste, por ex.: ar condicionado, aquecimento dos bancos, etc. A nova norma deve proporcionar números mais realistas relativos ao consumo de combustível, dióxido de carbono e emissões. Os valores visam permitir a comparação entre diferentes automóveis e não representar o seu consumo típico normal.

Perfis de ciclos de condução

Um ciclo de condução simula uma condução média real do automóvel. A norma baseia-se em quatro perfis diferentes de ciclos de condução. Os quatro perfis de ciclos de condução são:

  • Condução urbana – condução lenta
  • Condução suburbana – condução média
  • Condução em estrada – condução rápida
  • Condução em autoestrada – condução muito rápida.

Cada ciclo de condução é determinado por diferentes condições, por ex.: velocidade, tempo e distância.

O valor oficial para a condução mista, registada na tabela, é, de acordo com a legislação, uma combinação do resultado dos quatro ciclos de condução.

Os gases de escape são recolhidos durante os quatro ciclos de condução para a obtenção das emissões de dióxido de carbono (emissões CO2). Estas são posteriormente analisadas para a obtenção das emissões CO2.


Isto ajudou?