Condução no inverno

Condução no Inverno

Atualizado 1/31/2020

Condução no Inverno

Ao conduzir no Inverno é importante realizar algumas verificações no automóvel para assegurar que o mesmo pode ser conduzido de modo seguro.

Antes da chegada da época mais fria verifique cuidadosamente:

  • O líquido de arrefecimento do motor deve conter 50 % glicol. Esta mistura protege o motor contra danos provocados pelo congelamento até cerca de -35 °C (-31 °F). Para evitar riscos para a saúde, não devem ser misturados diferentes tipos de glicol.
  • O depósito de combustível deve estar bem cheio para evitar a formação de condensação.
  • A viscosidade do óleo do motor é importante. Óleos com viscosidade mais baixa (óleos mais fluidos) facilitam o arranque com tempo frio e diminuem assim o consumo de combustível enquanto o motor está frio.

Importante

Não se deve utilizar óleo de baixa viscosidade com condução esforçada ou com tempo quente.

  • Deve ser verificado o estado da bateria de arranque e o seu nível de carga. O tempo frio impõe maiores exigências à bateria de arranque, ao mesmo tempo que as suas capacidades ficam reduzidas por causa do frio.
  • Utilize líquido de lava pára-brisas com proteção anti-congelação para evitar a formação de gelo no depósito do líquido de lava pára-brisas.

Piso escorregadio

Para garantir uma melhor aderência ao piso, a Volvo recomenda a utilização de pneus de Inverno em todas as rodas perante o risco de neve ou gelo.

Nota

Em alguns países é obrigatória a utilização de pneus de Inverno. Os pneus cardados não são permitidos em todos os países.

Teste a condução em pisos escorregadios sob condições controladas, para que se possa habituar às reacções do automóvel.


Isto ajudou?