Sensus Navigation

Detecção de avarias do Sensus Navigation

Atualizado 7/23/2018

Seguem-se alguns exemplos de factos que devem conhecidos quando o sistema de navegação não funcionada do modo devido.

A posição do automóvel no mapa está incorrecta

O sistema de navegação exibe a posição do automóvel com uma margem de erro de cerca de 20 metros.

Ao conduzir em estrada paralela a outra, cruzamentos de várias estradas, estradas com diferentes alturas e em rectas longas sem curvas distintas, existe uma maior probabilidade de erro.

Montanhas com grande altitude, túneis, viadutos, estradas com diferentes alturas, etc., afectam a recepção dos sinais satélite, o que significa que a margem de erro para a determinação da posição do automóvel pode aumentar.

O sistema nem sempre determina a estrada mais rápida/curta

Ao determinar um itinerário são tidos em conta vários factores para obter, em teoria, o melhor caminho, por ex.: distância, largura da via, classe da via, intensidade de trânsito e limites de velocidade. No entanto, a experiência e conhecimento que o condutor tem da zona podem determinar um trajecto mais eficaz.

O sistema utiliza portagens e ferry-boats, por exemplo, apesar do condutor ter optado por os evitar

Em percursos longos, e por motivos técnicos, o sistema só pode considerar as vias de maior dimensão.

Caso se opte por evitar portagens e auto-estradas, estas são evitadas sempre que possível e só são utilizadas caso não exista uma alternativa adequada disponível.

A posição do automóvel no mapa está incorrecta após transporte

Se o automóvel for transportado, por exemplo, em ferry-boat ou comboio, ou por um meio que não permita a recepção de sinais satélite, o sistema pode demorar até 5 minutos para determinar a posição correcta do automóvel.

O símbolo do automóvel no ecrã não se comporta de modo lógico após a mudança de pneu

Além do receptor satélite, o sistema utiliza o sensor de velocidade do automóvel e um giroscópio para determinar a posição e direcção do automóvel. Após ter sido montada uma roda sobresselente ou se ter trocado os pneus de Verão pelos de Inverno o sistema necessita de "reconhecer" as dimensões das rodas novas.

Assim, recomenda-se a condução por algum tempo numa boa estrada com boa recepção satélite (visibilidade livre) para que o sistema funcione de modo ideal.

A imagem do mapa não corresponde à realidade

A construção ou reparação de redes de estradas, a introdução de novas regras no trânsito, etc. acontecem de forma constante, não permitindo que a base de dados de mapas esteja sempre actualizada em todas as situações.

Por esta razão, o trabalho de desenvolvimento e actualização dos dados de mapa é contínuo - verifique de vez quando a existência de actualizações.

O símbolo do automóvel no écran salta para a frente ou roda

Antes de iniciar a condução o sistema pode demorar alguns segundos a detectar a posição e os movimentos do veículo.

Desligue o sistema e o automóvel. Volte a arrancar mas mantenha-se imóvel por um breve período antes de iniciar a condução.

A informação do mapa não é actual

Ver resposta ao item seguinte.

Está instalada a informação do mapa mais recente?

Os dados de mapa são atualizados e melhorados continuamente. Verifique se a versão do mapa está atualizada e se existem atualizações:

  • Verificação com automóvel conectado - ver capítulo "Atualização de dados de mapa com automóvel conectado".
  • Verifique a versão do mapa no automóvel e compare-a com a versão do mapa disponível na página de apoio Volvo Cars - ver capítulo "Atualização de dados de mapa a partir de PC e USB".

Isso ajudou?